TRADUTOR

domingo, 22 de setembro de 2019

O PLANO B DO IMPERIALISMO

O Imperialismo também tem um Plano B para Bolsonaro
Dória, o neotucanato fascistóide que alia-se a Moro a espreita da sua vez e Bolsonaro, que tem como estratégia uma ditadura miliciana
Muitos brasileiros suspeitam que as operações que provocaram a derrubada de Dilma e a eleição de Bolsonaro possuem o dedo dos EUA. Muitos acreditam que isso se deve a truculência de Trump, um empresário grosseirão que comanda a Casa Branca. Se os democratas estivessem no comando, o Brasil estaria sofrendo esse processo golpista. Lula estaria preso? Afinal, Obama admirava Lula, o chamou de “o cara” em uma reunião do G-20 em 2009 e o Brasil era mais respeitado no governo democrata.

Certamente, com os democratas no comando o curso tenderia diferente. Mas, em que medida diferente? Vamos verificar.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

FREIXO E JANAÍNA

Janaína, Freixo e o Copacabana Palace
Mário Maestri*

Há dez dias, Marcelo Freixo, deputado federal pelo Rio de Janeiro, participou de diálogo ameno, de quarenta minutos, no programa do Youtube “Quebrando o Tabu”, com Janaína Paschoal, a histriônica golpista de primeira hora. O programa teve umas quinhentas mil visualizações. Um enorme sucesso, portanto. Não poucos admiradores de Marcelo Freixo não compreenderam o enorme hiato entre a conhecida coragem pessoal do deputado e a sua frouxidão política, registrada na participação e no conteúdo do programa. A afetuosa troca de idéias entre a musa do golpe e a ascendente estrela do PSOL motivou protestos de internautas e apoios, que foram do desbragado ao envergonhado.



BANCARROTA DO MACRISMO E CONJUNTURA ARGENTINA

Bancarrota del macrismo y coyuntura argentina

Reproduzimos abaixo a avaliação da TMB argentina acerca das consequências políticas da derrota do presidente Macri para a candidatura kichnerista nas eleições primárias realizadas no país que se realizaram no dia 11 de agosto. As PASO (Primárias Abertas Simultâneas e Obritatórias) apontaram um favoritismo para a oposição de centro esquerda em relação ao governo de direita nas eleições presidenciais que se realizarão no dia 27 de outubro de 2019.

El macrismo está debilitándose rápidamente tras el resultado de las primarias y la devaluación con los indicadores de inflación disparados. La progresiva debilitad política de Macri se ve en su intento de congelar el aumento de los combustibles para evitar que estos sigan la elevación del dólar y se trasladen al conjunto de la cadena de precios. Esto tuvo el propio veto que las multinacionales petroleras le impusieron.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

EUA x IRÃ

Em defesa do Irã!
Pela derrota do imperialismo!


Declaração do Comitê de Ligação pela IV Internacional



Depois que ficou claro que a política de reação da República Islâmica seria “olho por olho, dente por dente”, a Casa Branca recuou de sua escalada contra o Irã, provavelmente avaliando que uma guerra controlada não era uma opção disponível nessa situação.


Nem durante a revolução iraniana, em 1979, na tomada da embaixada dos EUA, o nível de tensões entre os dois países foi tão alto como agora, 40 anos depois. A guerra comercial deu lugar a escaramuças militares. Navios cargueiros e petroleiros foram aprisionados, drones já foram derrubados, gasodutos atacados, anúncios de suspensão de ataques iminentes e prisão de espiões,… Faltou muito pouco para a guerra de baixa intensidade desse um salto de qualidade e se transformasse em uma guerra de alta intensidade.

domingo, 28 de julho de 2019

ARGENTINA - CRISE NO PARTIDO OBRERO

A Crise no PO e a direitização da esquerda centrista

Reproduzimos abaixo texto original em castellano dos camaradas da Tendência Militante Bolchevique argentina acerca da crise política que levou a expulsão de Jorge Altamira, fundador e histórico dirigente do Partido Obrero. 



El proceso de adaptación que el altamirismo al parlamentarismo promovió en el Partido Obreero desde el 83, en la dinámica de su propio desarrollo se llevó consigo también al propio altamirismo. En la subordinación de la actividad partidaria a la conservación y crecimiento de sus espacios parlamentarios se dio origen a luchas de camarillas en donde el sector de Altamira fue desplazado.

sábado, 27 de julho de 2019

BRASIL: DEMOCRACIA OU UMA ORDEM AUTORITÁRIA EM CONSTRUÇÃO?

Brasil: vivemos sob uma democracia ou uma ordem autoritária em construção?

Mário Maestri, Comentário no Duplo Expresso, 18/07/2019


Com as eleições de 2018, o Brasil superou o golpe de 2016 ou ingressou em uma espécie de ditadura “constitucional”? Esta não é pergunta retórica, para impulsionar simplesmente reflexões diletantes sobre a situação do país. Uma resposta correta é necessária para a definição das saídas possíveis da terrível realidade que vivemos. Para tal, devemos, inicialmente, precisar os conceitos, ou seja, o que é um “golpe” e o que é uma “ditadura” - ou “ordem autoritária”.

EM DEFESA INCONDICIONAL DO IRÃ COMO DA LÍBIA CONTRA O IMPERIALISMO

Em defesa incondicional do Irã contra o imperialismo, como na Líbia em 2011

Declaração do Comitê de Ligação pela IV Internacional - CLQI

Desde a Declaração sobre a Líbia assinada pela Liga Comunista do Brasil (nome de uma das organizações que deu origem a Frente Comunista dos Trabalhadores), o Revolutionary Marxist Group (Grupo Marxista Revolucionário) da África do Sul e o Socialist Fight (Luta Socialista) da Grã-Bretanha, em 21 de abril de 2011, o LCFI (CLQI em português) se posicionou sobre os fundamentos graníticos do leninismo-trotskismo revolucionário. Nós declaramos então:

DECLARAÇÃO AOS TRABALHADORES DO MUNDO E À SUA VANGUARDAINTERNACIONALISTA
Em defesa incondicional da Líbia contra o imperialismo!
Frente Única Militar com Gadafi para derrotar a OTAN e os “rebeldes” armados pela CIA!
Nenhuma confiança no governo de Trípoli! Somente pelo armamento de todo o povo e pela revolução permanente nós poderemos vencer esta luta!

quinta-feira, 4 de julho de 2019

POR UMA NOVA GREVE GERAL

"Por uma nova greve geral"

Recorte de 2:28 min do programa de Rádio: Mundo do Trabalho da FM Universitária da UFC, exibido em 25 de junho de 2019.
Click sobre a imagem acima para assistir ao vídeo

"A nação está sendo destruída. O Brasil foi colônia. Formalmente colônia, ou seja, quando um país é econômica e politicamente dependente de outro, no caso, Portugal, até 1822. De lá até 2016, nós eramos uma semi-colonia. Dependentes economicamente (da Inglaterra/Europa e EUA) e, politicamente, com uma relativa independência. A partir do golpe de 2016, nós temos a desconstrução do Brasil inclusive como país semi-colonial. Nós voltamos a ser colônia.

segunda-feira, 1 de julho de 2019

UCRÂNIA - DECLARAÇÃO POLÍTICA DO BOROTBA

Declaração Política do Conselho da União de Borotba
23/04/2019


Publicamos abaixo, sob a autorização do Bortba, uma declaração política desse grupo acerca da situação política da Ucrânia após as eleições presidenciais do país onde saiu vitorioso o candidato oposicionista Vladmir Zelensky. O Borotba é uma organização comunista perseguida após partidos e grupos da extrema direita tomarem o poder, através do movimento do EuroMaidam, apoiado pela UE e pelos EUA. O golpe de Estado ucraniano ocorreu em 2014 e foi um dos primeiros movimentos de guerra híbrida bem sucedida do imperialismo apoiado em mílicias neonazistas. As lições políticas dos camaradas do Bortba são de grande importância para nós trabalhadores e comunistas brasileiros, em nossa luta contra o governo Bolsonaro.

quarta-feira, 26 de junho de 2019

POR UMA NOVA GREVE GERAL EM 12 DE JULHO

Por uma nova Greve Geral contra Bolsonaro e a Reforma da previdência!

O 12 de julho, dia de mobilização marcado pelas centrais sindicais, está sendo construído para pressionar a direita parlamentar que sustenta Bolsonaro contra os trabalhadores e os lutadores de esquerda. Esse jogo tende a nos levar a derrota. Precisamos seguir nossa jornadas de lutas e construir uma nova Greve Geral!

segunda-feira, 17 de junho de 2019

FALA DA FCT NA GREVE GERAL 14 06 2019

Fora Bolsonaro e os 3Ms,
por novas eleições gerais agora!


Orador da Folha do Trabalhador (FCT) no carro de som na Greve Geral do dia 14 de junho de 2019
(click aqui para acessar ao vídeo)
Transcrição da fala no carro de som no Rio de Janeiro, na manifestação da Greve Geral do dia 14 de junho de 2019.

Queria dizer a vocês que esse ato grita em uníssono Fora Bolsonaro! Fora os 3 Ms [Mourão, Moro, Maia]! Fora Moro! Fora o seu ministro Guedes! O cara que quer acabar com a aposentadoria dos trabalhadores, o que cara que quer que nós, jovens, tenhamos que trabalhar até os 70 anos, 75, 80, para ganhar meio salário mínimo. Nós já estamos aqui para dizer NÃO a essa proposta! Estamos aqui para resistir a essa proposta! Estamos aqui para combater esse governo ilegítimo, que foi eleito graças a um golpe de Estado.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

GREVE GERAL 14/06

Impulsionar a mobilização permanente para derrubar Bolsonaro e os 3 Ms*!

Se não há justiça para o povo, que não haja paz para o governo” Emiliano Zapata

A disputa em torno da reforma previdenciária virou uma luta de classe contra classe. O conjunto dos poderes burgueses estabeleceu uma trégua momentânea para blindar Moro e defender a reforma da previdência. Incluindo a mídia golpista, o 4º poder, e, principalmente, a Globo.

segunda-feira, 3 de junho de 2019

RENDIÇÃO OU LUTA?

“Fica Bolsonaro” versus “Fora Bolsonaro”

Reproduzimos abaixo artigo escrito por Mario Maestri e Erico Cardoso e publicado nos sites do Pravda russo; Tlaxcala, da rede internacional de tradutores pela diversidade linguística; e o blog da Revista Espaço Acadêmico.

O imperialismo estadunidense segue na direção geral do governo. Os grandes proprietários prosseguem abraçando o programa golpista de institucionalização de nova ordem neocolonial para o país. Eles vislumbram redenção com a destruição da legislação trabalhista; com o esmagamento salarial dos trabalhadores; com o arrasamento do sistema de pensões público e privado; com mega-cortes na educação, saúde, segurança, etc. Sonham com neo-escravidão assalariada. Não vislumbram que, no novo mundo reformado e arrasado pelo grande capital, pequenos e médios empresários passarão – e já passam aos milhares – de orgulhosos caçadores à caça miúda.

sábado, 1 de junho de 2019

30M

Nossa educação, saúde, previdência públicas e natureza estão em RISCO e precisamos AGIR!

Greve geral 14/6 para pôr abaixo Bolsonaro, Mourão, Guedes e Moro e suas reformas!


Panfleto assinado pela Folha do Trabalhador e Anti-Morosofia e distribuído em várias cidades do país nas manifestações contra o governo Bolsonaro no 30 de maio de 2019

Manifestação do 30M no Cariri/Ceará
As nossas manifestações estudantis de 15/5 foram muito maiores que as bolsonaristas de 26/5. Se já as manifestações pela educação foram deste tamanho, imagine uma greve geral pra valer de todas as frações exploradas?

sábado, 25 de maio de 2019

"REVOLUÇÃO E CONTRA-REVOLUÇÃO NO BRASIL"

"Revolução e Contra-Revolução no Brasil (1530-2018)"
Lançamento de livro que é a síntese teórica da vida do historiador trotskista Mário Maestri

O jornal Folha do Trabalhador está apoiando a realização do Ciclo de Palestras: História, Linguagem e Luta de Classes, que se realizará no final do mês de maio de 2019, na Universidade Federal do Ceará (UFC).

Na ocasião, será realizada a palestra Linguagem e Luta de classes, pela Professora Florence Carboni (UFRGS), no dia 27, no Auditório Rachel de Queiroz, às 18h e, no dia 28, no mesmo horário, o historiador e militante trotskista de longa data Mário Maestri irá lançar sua obra magna, o livro “Revolução e Contra-Revolução no Brasil (1530 - 2018)”, no Auditório Valnir Chagas, localizado na Faculdade de Educação. Ambos os auditórios se localizam dentro da UFC.

terça-feira, 21 de maio de 2019

CLIMA, LUTA DE CLASSES E FASCISMO

As mudanças climáticas provocam a luta de classes - mas também a ascensão do fascismo

Dov Winter - EUA

ALERTA DE EXTINÇÃO: Elevação da temperatura em graus Centígrados,
desde o marco inicial de medição em 1735. As alterações climáticas estão chegando
a um ponto irreversível para o clima e a vida na terra. Fonte: Artic-News

Os ingredientes para a sopa do fascismo estão se consolidando nos EUA. Sabemos sobre a ascensão de milícias de direita que vem ocorrendo há várias décadas e a adesão de elementos da classe trabalhadora branca e pauperizada ao fascismo. Mas há um novo ingrediente: a pequena burguesia devastada e insatisfeita no campo - um dos ingredientes clássicos do fascismo.

A classe trabalhadora empobrecida e a pequena burguesia no campo nunca se recuperaram da depressão / recessão geral de 2008. Então, muitos deles foram manipulados para apoiar Trump em 2016. E ainda há um novo e devastador ingrediente a longo prazo para o recrutamento dos fascistas: os efeitos devastadores das inundações e secas ocasionados pelas mudanças climáticas. As inundações e secas causaram devastações no Sul e no Meio-Oeste, uma área privilegiada para o desenvolvimento do fascismo.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

GEOPOLÍTICA E NOVO GOLPE NO BRASIL

As conexões geopolíticas ocultas para a possibilidade de um novo Golpe no Brasil

Click aqui para acessar o vídeo da entrevista: As Conexões Geopolíticas ocultas para a Possibilidade de um Novo Golpe no Brasil 
(em Youtubers de Esquerda Uni-vos!!!)
Transcrevemos abaixo a entrevista do Prof. Fábio Sobral a jornalista Marina Valente, no programa Democracia no Ar na TV Atitude Popular, no dia 16 de maio de 2019.

MV - Temos o risco de uma ditadura militar no Brasil?

Nós temos um risco pior. É isso eu queria falar aqui. As pessoas estão olhando só para o Brasil. Eu não olho só para o Brasil. Eu sei que nós somos parte, desde 2013, de uma articulação internacional, de um novo tipo de guerra, que tenta definir a adesão dos países a um projeto do Pentágono. Isto está tudo documentado. É a doutrina Donald Rumsfeld [Secretário de Defesa dos EUA] e do Almirante Arthur Cebrowski [Conselheiro de Rumsfeld].

terça-feira, 14 de maio de 2019

15/5 - GREVE GERAL DA EDUCAÇÃO

Ou acabamos com o governo Bolsonaro ou ele acaba com a educação, a saúde e a previdência públicas

O governo Bolsonaro está dividido. Em termos gerais, de um lado, os EUA, o PSL, as seitas neopentecostais, olavistas, a família Bolsonaro e as milícias. Do outro, estão a cúpula das forças armadas, o Centrão, a imprensa golpista. O capital financeiro e o empresariado também estão divididos. A briga está cada vez mais tensa e um lado tentará golpear o outro.

terça-feira, 30 de abril de 2019

1o DE MAIO

Saudações do Comitê de Ligação da Quarta Internacional à Classe Trabalhadora Internacional

O Comitê de Ligação para a Quarta Internacional (CLQI) envia suas mais calorosas saudações revolucionárias aos trabalhadores, aos pobres e oprimidos do mundo. Não se pode defender a própria nação contra o imperialismo e apoiá-lo quando ele realiza guerras contra outras nações em conflitos internacionais diretamente lideradas pelos EUA ou por seus aliados. Podemos dizer que o CLQI foi a única organização trotskista internacional que consistentemente defendeu a Líbia e todas as outras semi-colônias contra o ataque do imperialismo desde a guerra da CIA / OTAN para derrubar Muammar Gaddafi em 2011.

VENEZUELA - AGENTE DA CIA ANUNCIA GOLPE MILITAR

Agente da CIA anuncia um golpe militar
Original em Grego publicado pelos camaradas do KED



O autoproclamado "presidente venezuelano", Juan Guaidos, publicou um vídeo de três minutos algumas horas atrás, chamando as forças armadas venezuelanas de um golpe de Estado.

A história da doutrina Monroe e da Operação Condor, dos bandidos de Washington agora está abertamente cada vez mais aberta, normalmente implica uma seriedade contra tais movimentos.

domingo, 14 de abril de 2019

LIBERDADE PARA ASSANGE E CHELSEA MANNING!

Liberdade para Julian Assange e Chelsea Manning!
Derrotar os criminosos de guerra imperialistas!

Declaração do Comitê de Ligação Pela IV Internacional, CLQI

Kristinn Hrafnsson, editora do WikiLeaks, e a advogada Jennifer Robinson falam à mídia fora da corte de magistrados de Westminster, onde o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, estava em Londres, quinta-feira, 11 de abril de 2019.
A prisão de Julian Assange, fundador do Wikileaks, na embaixada equatoriana em Londres, em 11 de abril, é outro crime imperialista e expõe mais uma vez que um importante papel internacional da classe dominante imperialista britânica. Nas palavras da amiga de Assange, Pamela Anderson, a Grã Bretanha está agindo como "a vadia dos EUA".

sábado, 13 de abril de 2019

TROPAS DOS EUA FOGEM DA LÍBIA

EUA é derrotado na Líbia
Pela construção da frente única anti-imperialista!
Nenhuma confiança em Hafter!
Pela vitória militar do Exército Nacional Líbio!


Depois da queda de Kadafi em 2011 pela intervenção da coalizão imperialista na Líbia em 2011, se acumularam as contradições internas entre as forças que derrubaram Kadafi. Estas contradições internas deram um salto de qualidade a partir de 2014, iniciando uma segunda guerra civil na Líbia que se estende até hoje.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

LULA, O NOSSO CASO DREYFUS

Fazer da luta pela libertação de Lula o aborto da ditadura em curso


Muitos artigos e analistas tem chamado a atenção para a semelhança entre os casos Dreyfuss e Lula, do ponto de vista de ser uma farsa judicial de comoção mundial. Mas pouco se destaca da importância que essa luta tem para além do significado em si da libertação de Lula.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

“PLENO EMPREGO”, ASCENSO GREVISTA HISTÓRICO E JORNADAS DE JUNHO DE 2013

“Pleno emprego”,
ascenso grevista histórico
e jornadas de junho de 2013


Nos últimos anos, o capital esteve na ofensiva contra a classe trabalhadora. Esse ataque adquiriu um salto de qualidade com o golpe de Estado de 2016. Costuma-se a acreditar que dias melhores de luta de nossa classe já se perderam no tempo ou nunca existiram. Todavia, momentos de ofensiva da luta dos trabalhadores brasileiros não estão tão distantes assim. Nossa geração teve experiências ofensivas recentes, como as lutas de 2013 e a greve geral de 2017 que precisam ser melhor refletidas. No texto abaixo, realizamos um esforço por realizar uma análise materialista e dialética ao ascenso popular que ficou conhecido como "jornadas de junho".

domingo, 24 de março de 2019

43 ANOS DO GOLPE MILITAR ARGENTINO

Lutar contra o terror capitalista de ontem e hoje!


Tendencia Militante Bolchevique 

Em 24 de março de 1976, o golpe genocida foi consumado. Ele foi precedido por várias manifestações de terrorismo capitalista, estatal e paraestatal. O objetivo do golpe foi o extermínio da militância de vanguarda e a contenção do ascenso dos trabalhadores e das lutas populares que vinham ocorrendo, para abrir caminho para o ataque aos trabalhadores e à neocolonialização do país.

sexta-feira, 22 de março de 2019

NÃO APOIAMOS PRISÃO DE TEMER PELA AGENCIA DA CIA NO BRASIL

Lava Jato, a principal agência da guerra híbrida da CIA no Brasil, prende Temer e recebe apoio da esquerda brasileira

A Lava Jato prendeu o ex-presidente Michel Temer em um processo midiático, justamente quando estava sofrendo vários golpes e desmoralizações, quando sua máscara estava caindo para amplos setores da população.

Temer é nosso inimigo de classe, assim como o megacapitalista Marcelo Oderbrecht (cuja prisão analisamos em "Manobras golpistas imperialistas"), mas quando a prisão de um inimigo de classe é realizada pelo maior inimigo de todos os trabalhadores do mundo, nós, comunistas, defensores estratégicos dos interesses dos trabalhadores, não temos nada a comemorar, não apoiamos, não nos regogizamos. Nós nos opomos porque isso só fortalece ao imperialismo, não serve de "atalho" para nossa luta. É necessário aqui não se deixar levar pelo calor impressionista diante do frenético bombardeio de informações ilusórias e refletir o que se passa com as ferramentas do materialismo dialético.

quinta-feira, 21 de março de 2019

22 DE MARÇO 2019

Reaja, construa a greve geral!
Abaixo Bolsonaro e Mourão!
Lula livre e novas eleições!


A visita de Bolsonaro aos EUA revelou porque esse desqualificado foi transformado em presidente: por não passar de um puxa-saco de Trump, posto lá para fazer o Brasil retroceder a mera colônia dos EUA.

Agentes da CIA, como Sérgio Moro, com Supremo, com tudo, realizaram o Golpe, montaram a Lava Jato, um tribunal de exceção, para assaltar a Petrobrás e prender Lula, ameaçaram com um novo golpe militar, manipularam as mídias e as redes sociais.

sexta-feira, 1 de março de 2019

ESCRAVIDAO BRASILEIRA

Somos Todos Filhos da Escravidão

Mário Maestri, historiador

Nos momentos de grandes crises, volta-se comumente ao passado, à procura de fundamentos sólidos para escorar não raro para visões de mundo e projetos estrombólicos. No nosso país se tem feito o mesmo com criatividade singular. Somos uma nação imensa, de riquezas indescritíveis e de passado terrível, o que ajuda a explicar nossa triste sorte de gigante encepado. Ao debruçarmo-nos sem medo sobre o espelho da história, podemos arrancar dele visões reais do passado que contribuam para a superação dos fantasmas que nos assombram.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

ASSEMBLEIA DA CLASSE CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA DE BOLSONARO

20/F - Todos às ruas por verdadeiras Assembleias da Classe Trabalhadora, para construir a Greve Geral contra a reforma previdenciária de Bolsonaro

Na quarta, dia 20 de fevereiro de 2019, o governo Bolsonaro deve enviar ao Congresso Nacional a sua proposta de emenda à Constituição (PEC) que pretende restringir o acesso às aposentadorias dos setores público e privado. Nesse dia, as centrais sindicais anunciaram atos contra a Reforma da Previdência aos quais chamaram de “Assembleias da Classe Trabalhadora” para se contrapor a famigerada proposta do governo militarizado do capitão, que pretende impor um sistema de capitalização que vai minar o futuro de todas as aposentadorias.

domingo, 3 de fevereiro de 2019

DECLARAÇÃO SOBRE A VENEZUELA

Derrotar o golpe patrocinado pelos EUA contra a Venezuela
Frente Única Anti-Imperialista contra os EUA para derrotar sua hegemonia global desesperadamente belicista

Comité de Ligação para a Quarta Internacional


À medida que a crise global do imperialismo mundial se aprofunda, o governo Trump se torna cada vez mais fanático e desesperado para reafirmar sua dominação global como a única superpotência para restaurar e aumentar as taxas de lucro de suas grandes instituições financeiras e corporações transnacionais. Existem quatro regiões principais que são os alvos de suas agressões hoje:

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

ELEIÇÕES - SINTSEF/CE

Por um sindicato de combate à ditadura militarizada e privatista que o governo Bolsonaro ameaça instaurar

Nos dias 4 e 5 de fevereiro ocorrerão eleições para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Servidores públicos federais do Ceará. O SINTSEF/CE é um dos maiores do Estado, com uma base superior a 19 mil trabalhadores. O jornal Folha do Trabalhador apoia a chapa 2, RESISTIR, RENOVAR E LUTAR, do Movluta, um grupo classista e combativo de oposição a burocracia cutista instalada no sindicato há vários anos. A atual diretoria tem se mostrado incapaz de unir a categoria, prepará-la ideologicamente organizá-la politicamente para realizar o combate que exige o momento, de crescimento da extrema direita, instrumento dos apetites vorazes do capital que avança sobre nossos direitos, impondo uma nova contrarreforma do Estado.

A chapa 2 defende muitas propostas novas para defender as condições de vida da categoria, revitalizar a relação da base com o sindicato, o serviço público, e a atuação dos servidores na luta de classes como a anistia das dívidas dos trabalhadores junto aos bancos; a valorização dos serviços públicos; o reajuste salarial anual e reposição de 25,41% das perdas dos Gov. Dilma e Temer, a formação política continuada por local de trabalho e região e o estudo do marxismo, a articulação da unidade de ação entre os trabalhadores federais, estaduais e municipais para derrotar os ataques aos trabalhadores; a unidade das entidades dos movimentos sindical, popular e estudantil para continuar a luta por um Serviço Público, gratuito e de qualidade a fim de realizar ações unificadas para reestruturá-lo e que o sindicato se torne uma ferramenta de combate contra a ditadura militarizada e privatista que o governo Bolsonaro está instaurando para escravizar os servidores públicos, em particular, ameaçados de perder todas suas conquistas, e aos trabalhadores em geral.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

100 ANOS DO ASSASSINATO DE LUXEMBURGO E LIEBKNECHT

"A ordem reina em Berlim!... Ah! Estúpidos e insensatos carrascos! A revolução levantará sua cabeça novamente amanhã e, para o horror estampado em vossos rostos, anunciará com todas suas trombetas: ‘Eu fui. Eu sou. Eu serei!Últimas palavras escritas por Rosa.
Berlim, 13/01/2019, 10 mil manifestantes homenageiam Rosa e Karl
Humberto Rodrigues

Há um século, em 15 de janeiro de 1919, a coronhada de rifle de um soldado a mando de um governo reformista esmagava a mais brilhante e corajosa cabeça do movimento operário revolucionário alemão depois de Marx e Engels. Este acontecimento, por ter abortado a melhor oportunidade de uma revolução socialista em uma nação capitalista avançada foi como uma tragédia de proporções bíblicas sobre o futuro da luta do proletariado mundial até os nossos dias.


domingo, 13 de janeiro de 2019

VENEZUELA

Defender Venezuela e Maduro contra o imperialismo e seus fantoches! Avançar na luta pelo socialismo! 
Milícia Nacional Bolivariana
Nicolas Maduro tomou posse para um segundo mandato de seis ano. O imperialismo já recorreu de quase todos os meios, sanções econômicas e diplomáticas, campanha de demonização midiática, bloqueios, terrorismo, desabastecimento, golpe militar para livrar-se do chavismo. Por fim, anunciam abertamente os preparativos para uma intervenção estrangeira no país com o apoio militar dos governos fantoches do Brasil e Colômbia.

Por outro lado, Cuba, Bolívia, El Salvador, Nicarágua, China, Rússia, Turquia, México, e a presidente do Partido dos Trabalhadores do Brasil estiveram na posse. A maioria dos governos capitalistas boicotaram.