TRADUTOR

domingo, 12 de agosto de 2018

CRESCE O TERRORISMO IMPERIALISTA NA AMÉRICA LATINA

Cresce el terrorismo imperialista

Leon Carlos - Tendência Militante Bolchevique - Argentina


En la actual ofensiva imperialista en Latinoamérica en donde en Venezuela el sábado 4 de agosto se concretó un atentado terrorista finalmente fallido, contra el presidente Maduro. En el atentado se hizo uso de drones cargados con explosivos, que fallaron en el intento de matar al presidente pero terminaron hiriendo a siete oficiales bolivarianos.


El atentado terrorista pasa un año después de que Maduro, a través de la elección de una asamblea constituyente, impidió la concreción del golpe de Estado parlamentario en curso en la propia Venezuela, como lo que derribó al gobierno de Dilma del PT en Brasil.

sábado, 4 de agosto de 2018

ALERTA AOS TRABALHADORES

Vem aí um novo golpe

Editorial do Jornal Foha do Trabalhador # 29


Enquanto os trabalhadores não ocuparem as ruas e não realizarem greves fortes e cada vez mais amplas, os golpistas aprofundarão sua contrarrevolução permanente. Impuseram um Golpe de Estado, congelaram os investimentos em saúde e educação por vinte anos, eliminaram os direitos históricos dos trabalhadores, aumentaram o desemprego,...

Setores essenciais ao funcionamento de um Estado nacional são liquidados: petróleo, energia, serviços básicos. Grandes empresas como a Embraer são entregues às concorrentes multinacionais, enquanto o Estado é fagocitado ao gosto de corporações com matrizes brasileiras, mas que se tornaram as maiores do planeta em seus ramos, como a AB Inbev (bebidas), que se apropriará da Eletrobrás, e a Kroton (educação), grande beneficiária da contrarreforma do ensino médio. O Itaú Unibanco, o maior banco da América Latina, um importante membro da conspiração que patrocinou o golpe de 2016, teve lucro líquido de R$ 6,2 bilhões no segundo trimestre, uma alta de 10,7% sobre o mesmo período de 2017.